terça-feira, 31 de agosto de 2010

Cheio de Vazios


Muito tempo sem postar dá nisso!

Fico querendo escrever td, falar td e acabo com um post cheio de vazio.





Semana passada eu fui ao bar com um amigo, a conta demorou abeça pra vir, fiquei tentada a não pagar...contei até três, e levantei e saí.

==========================



Esse desenho eu ganhei do meu amigo vivi, é o rei de portugal q casou com a irmã do enrrique oitavo, a margarete. Feio né?! Mas é com muito amor s2

===================================================================



sou sua, sou sua, sou sua, plenamente

sou sua, sou sua, sou sua, simplesmente.

===================================================================



tenho muita lingerie nova, gente, uma doidera!

===================================================================



comprei meu colar de cupcake

===================================================================

jornal do brasil morreu né gente....

"E tudo que eu penseie

tudo que eu faleie

tudo que me contaramera papel.



E tudo que descobri

amei
detestei:
papel

Papel quanto havia em mim
e nos outros, papel
de jornalde parede
de embrulho
papel de papel
papelão."

Carlos Drummond de Andrade - Papel

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Mix de frutas


Achei q eu queria contar mil coisas nesse spot comod e costume,, né, verdade?!
dai eu chamei ele de mix de frutas.
>Primeiro:
Rio de Janeiro, Humaitá, uma farmácia eu me aproximo e digo:
_Boa noite, tem alcool em gel?
_...cri, cri, cri...
_...pra assepsia..?
_...Ah, lubrificante!!
O.O
_ Pra limpar a mãozinha?!
Vem, cá, por acaso eu tenho cara de tarada? Esse tipod e confusãoq envolve palavras sexuais tem acontecido muito comigo, devo ter algum problema...
=============================
>Segundo
Sonhei que eu tava em casa, na minha casa mesmo, dai estavam lá minhas amiguinhas do coração, morando comigo, dai eu ia para o terraço e de repente tinha um koala lá!! Lindo e peludo, paradinho tipo invadindo minha casa, e sendo muito bem vindo. Dai eu pegava ele no colo e levava pra dentro e el se mexia q nem uma preguiça, td devagar, lânguido e doce. Eu lembro exatamente como ele era, tinha um pelo macio, ele era denso e pesado, peguei logo no colo né, gente, quero um koala. Ah, o narizinho dele, tão lindo e fofo, amo bichos, tds eles, mesmo mesmo. Lembrei do bruce *0*
====================================================================
> Terceiro
Esse terceiro é uma cilada, pq na verdade ele bem não existe, não tenho mais nada pra contar ou falar, só vou ficar escrevendo aqui pra fingir q eu tenho um outro assunto.
Mas eu tenho uma coisa engraçada pra comentar nesse terceiro, pelo menos:
ontem eu fui sair com uns amigos né, comi pastel de feijão, não faz sentido.
Bar do mineiro me lembra meu tio.
"olha coisa mais bonita mais engraçada....e qnd ela passa td mundo fica engraçado"
isso é como fica garota de ipanema em portugues de portugal!
Muito mais engraçado!

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

E falo

Quando a boca fala, o coração já está cheio
Pensei em como ficaria isso em espanhol, não sei se ficaria exatamentebonito, mas a palavra 'lleno' me enche de felicidade, sabe, não sei pq, ela me soa bonita e realmente cheia, e nesse caso de coisas positivas. Mas isso é só mais uma divagação sobre a palavra 'lleno', mas o sentido da frase se mantem negativo, no mínimo em cima do muro, mas se tem uma coisa q ela não é positiva, isso de fato, temos de admitir.
Andei falando muito nos ultimos tempos, e escrevendo pouco, cansei. Não há o q ser dito q tenha relevancia suficiente pra me fazer parar de fazer qlq outra coisa, ou q me canse tanto a ponte de me fazer parar, com td, mas cansei, a gente, no final, sempre cansa.
Tenho feito muita coisa ao emsmo tempo e não me entregue a nada.
Precisod e férias, de verdade, dessa vida, dessa gente, desse lugar.
Nada contra meus amigos, queridos, 'essa gente', definitivamente não são vcs, não poderia me referir aos meus caríssimos assim, enfim.
Meu horoscopo diz, nãoq eu acredite nessas coisas, q eu deveria fazer coisas diferentes ou viajar, talvez eu vá mesmo.
Agora sobre horoscopo: é uma coisa estranha né, eu não me incomodo muito com eles, mas qnd eu leio algo positivo eu gosto, me animo e td mais, qnd leio alguma coisa negativa, enfio an cabeça, o q não é dificil, q não é verdade, q não serev pra nada e quem escreveu isso tava sentado no vaso lendo o 'meia hora'. Td passa, até as palavras potencialmente negativas do meu signo.
Hj estou com a impressão de estar fazendo td errado, mas me pergunto : como seria o certo? se nem sei o q é pra fazer, não sie se é o certo ou o errado, não sei bem tb se existe esse negóciod e certo e errado, bom e mau, preto e branco, sabe, acho q td é mesmo bem relativo, mas sobre isso já conversei com meus amigos, as possibilidades de relativização só se dão dentro de um contexto no qual tds saibam do q estão falando q dominem suficientemente o assunto prara poder relativizá-lo, não se pode teturpar com propriedade o q não se conhece bem...
Ando bem calada nos ultimos dias, incomum, tds sabem q eu falo muito, muito mesmo.
Minha cabeça anda cheia, ou vazia, as vezes não sei qualificar, talvez ela esteja cheia mesmo e euq euria q ela esteja vazia, dai utilizo do meu mecanismo auto ilusorio, no qual eu sou muito boa, e finjo q ta td vazio, e bom, procrastino, ludibrio a mim mesma, e talvez isso não seja bom, mas pode ser exatemente o q preciso agora.
Antes me calei, e agora tb, mas no final sempre estou falando, gritando, cantando, berrando e urrando a mesma coisa, repetidas vezes, eu sempre falo.

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Amor de amiga


Hoje nem sei exatamente o q falar, como se isso fosse totalmente diferente nos outros dias, , mas enfim... hj nem sei mesmo, ando desanimada e sem impulso na vida, mas uma coisa e só essa eu tenho certeza mesmo, meus amigos, não sei se são poucos ou muito, se considero mais uns e menos outros, se sou menos levada em conta do q mereço ou qualquer coisa do tipo, não sei nada disso mesmo, não sei se amo mais do q me amam, provavelmente, não sou fácil. Mas de uma coisa eu tenho certeza, meus AMIGOS, tds eles, meninos, meninas, cães( oh, bruce *0*), periquitos, papagaios( oh, caco, quero te conhecer) e tds mais, amo muito vcs e me sinto respaldada só com esse meu sentimento, pode até nem ser assim tão reciproco, mas o q é meu é meu, é assim q é e é assim q vai ser.
Esaa foro é uma torta de blueberry q fizemos eu, lu ana, ju e minha amiga mina num fds de amor de amiga, cia de amiga, sono de amiga, e vida de amiga.
Pra prix q faz aniversario hj, parabéns, vc tb recebe meu amor de amiga!
E pra tds vcs q se consideram meus amigos, um pedaço doce da nossa trota com amor de amiga!
Sem mais.
See ya
=)

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Don't you?

Don't you wanna come with me?
Don't you wnna feel my bones, on your bones?
It's only natural
Don't you wanna swim with me?
Don't you wanna feel my skin, on your skin?
It's only natural.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

They spent the whole dinner talking about the most unexpected and fascinating things. One could not really tell what they were talking about. Subject would change in a strange flow of energy - in a secrete way one should say - constantly spinning over all subjects, diving into one, drowning into another. The night flew past as a sort of summer storm. Nothing more joyful. A bottle of wine. A talk about times that will never come back. A cigarette. Some thoughts about the time that was still to come. A smile. A certain thought about how they could be so close if they had just met.
Phil and Frances were introduced to each other that very night at a company's farewell dinner. He was a marketing manager from Toronto. She was the Human Resources Director of the Headquarters. However, all these little details about their real identities sounded oddly irrelevant to them.
"Would you drink another bottle?"
"How can I possibly say no to such a delicious wine?"
"...not to mention your company..."
It was just as Phil tired to find a waiter that he noticed the number of empty tables around them. He almost made the mistake of looking at his watch...how impolite that would have been! Suddenly, Frances said, "Have you got a light? I can't find mine...Don't worry, I'll ask the waiter..."
At that moment, Frances caught sight of the waiter standing by the bar with his arms crossed and an angry look on his face. She almost made the mistake of asking Phil what time it was...how rude that would have sounded!
All these silent signs reminded them that yes, it was already very late. As Phil poured the last glass of wine, Frances noticed the gleaming weddind ring on his left hand. And she felt a strange fear...whitout thinking twice, she furtivly hid her engagement ring in her handbag.
"I should not be afraid of having a lovely dinner with a married man..." she thought.
"I mus not let her notice that I'm in fact worried about the time I'll get to the hotel and call my wife..." he thought.
"One would logically think that we're a couple or even lovers...' she could think any further.
'It may sound wierd...but I kind of feel guilty...strangely unfaithful...having this everlasting conversation with a woman I barely know...' he stopped thinking.
Silence found its place at the table.
"Is she beautiful? I believe so... I just feel I am not supposed to look again and check..."
"I guess it is already time for us to..."
"...yeah... it's time...I guess..."
Their eyes met and they had the fearful sight of the abyss.
"Shall we go...?"
"...yeah...and..."
"I mean...to a place where we could be alone?"
"Yeah...I...I...I'm..."
"So am I..."
Saying no more, they left their fears and identities at the dinner table and took a cab to nowhere land where waiters and empty tables would not see them.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Ora, não sabe que hás almas constantemente atromentadas? Precisam alternadamente de sonho e de ação, das mais puras paixões, dos mais violentos gozos, e atiramo-nos assim em toda espécie de fantasia, de locura.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Das vantagens de ser bobo

O bobo, por não se ocupar com ambições, tem tempo para viver,ouvir e tocar o mundo. O bobo é capaz de ficar quase sem se mexer por duas horas. Se perguntando por que não faz alguma coisa, responde: "Estou fazendo.Estou pensando."
Ser bobo as vezes oferece um mundo de saída porque os espectros só se lembram de sair por meio da esperteza, e o bobo tem originalidade, espontâneamente lhe vem a ideia.
O bobo tem oportunidade d ver coisas que os espertos não vêem. Os espertos estão sempre tão atentos às esperteza alheias que se descontraem diante dos bobos, e estes os vêem como simples pessoas humanas. O bobo ganha utilidade e sabedoria para viver. O bobo nunca parece ter tido vez.
No entanto, muitas vezes, o bobo é um Dostoievski.
Há desvantagens, obviamente. Uma boba, por exemplo, confiou na palavra de um desconhecido para a compra de um ar refrigerado de segunda mão: ele disse que o aparelho era novo, praticamente sem uso porque se mudara para Gávea onde era fresco. Vai a boba e compra o aparelho sem vê-lo sequer.
Resultado: não funciona. Chamado um técnico, a opinião deste era de que o aparelho estava tão estragado que o conserto seria caríssimo: mais valia comprar outro. Mas, em contra partida, a vantagem de ser bobo é ter boa fé, não desconfiar, e portanto estar tranquilo. Enquanto o esperto não dorme à noite com medo de ser ludibriado. O esperto vence com úlcera no estômago. O bobo não percebe que venceu.
Aviso: não confundir bobos com burros. Desvantagem: pode receber uma punhalada de quem menos espera. É uma das tristezas que o bobo não prevê. César terminou dizendo a célebre frase: "Até tu, Brutus?"
Bobo não reclama. Em compensação, como exclama!
Bobos, com toda as suas palhaçadas, devem estar todos no céu. Se Cristo tivesse sido esperto não teria morrido na cruz.
O bobo é sempre tão simpático que há espertos que se fazem passar por bobos. Ser bobo é uma criatividade e, como toda criação, é difícil. Por isso é que os espertos não conseguem passar por bobos. Os espertos ganham dos outros. Em compensação os bobos ganham a vida. Bem-aventurados os bobos porque sabem sem que ninguém desconfie. Aliás não se importam que saibam que eles sabem.
Há lugares que facilitam mais as pessoas serem bobas ( não confundir bobo com burro, com tolo, com fútil) Minas Gerais, por exemplo, facilita ser bobo. Ah, quantos perdem por não nascer em Minas!
Bobo é Chagall, que põe vaca no espaço voando por cima das casas. É quase impossível evitar excesso de amor que o bobo provoca. É que só o bobo é capaz de excesso de amor. E só o amor faz o bobo.

Clarice Lispector

domingo, 1 de agosto de 2010

Veja só, minha gente!

Mais uma vez, acumulei mil coisas pra diser q no final não vou falar nada, mas mesmo assim, preparem-se leitores: revelações bombásticas!!
Há coisas q eu não divido com ninguém, naminha vida, uma delas é meu chocolate meio amargo ou o com cookies, e a outra é a intimidade da minha cabeça. Dificilmente falo o q eu to pensando sobre mim, ou o q eu penso verdadeiramente sobre mim, tenho o habito de omitir.
Mas na melhor das hipóteses, vc vai ouvir mais do q gostaria, sobre vc, sobre a vida e sobre mim, pois é, falo demais.
E na verdade td mundo q tem blog fala demais, né, pq é como eu costumo dizer pros meus amigos: a internet, esse negócio de blog, de twitter, de sei lá o q, é td coisa de gente altista, é um paraiso pra gente q como eu gosta de se expor com limites e sem ser observado ou julgado, pq caso alguém me julgo no MEU blog, eu simplesmente excluo o comentário e pronto, e assim farei com td e qlq coisa q me seja desagradável nas minhas páginas de relacionamentos nessas mídias sociais. Não q eu seja uma pessoa q não tolera criticas, longe disso, mas se me ofender, excluo mesmo.
Mas enfim, eu ando rabugente essas dias, minhas amigas hão de concordar comigo, ando reclamando muito e de um jeito, segundo elas, engraçado, mas na verdade eu só estou cansada, cansada fisicamente e com muita preguiça de viver. Não q eu queria morrer ou esteja deprimida, nada disso, é só preguiça não é depressão.
Acho q esse é um dos meus posts q mais fará sentido em td a história da minha vida.
Não to tratando de nada especifico, como sempre, mas tb não to tão vaga e cheia de coisas rodando na cabeça, sabe pq? Pq to com preguiça, e esse devia ser onome do meu post 'preguiça'.
O q me lembra um livro com esse nome q eu li um dia, mas isso é outro assunto pra outro post.
Foco!
Dai eu bem fui fazer hj um quiz do fafeboofy, pois é, eu perco tarde de domingo fazendo quiz do fafeboofy, e sim, eu chamo ele assim, como se eu fosse uma retardada( mó golias XD). E olha só, minha genteo que me dsse o quiz do fafe:


Devo estar loca, né?!
Bem, um amigo meu disse q só pensou numa palavra: pinel.
Olha só, eu não sei o q diser, não tenho argumentos fortes contra isso, fafe disse eu acredito, meu amigo( q ainda não tem nome fictício) disse, e eu acredito, as pessoas me conhecem bem, devo ser doida mesmo.
Dai, termino esse post, q não disse nada q acrescente, pq acho q td td mundo já sabia com uma citação pra vida, daminha amiga Angelina Jolie:
"Tem q tirar"