sexta-feira, 11 de abril de 2014

E é muita claudia pra pouca cadeira.

To Bolada.
E por que?
Porque apesar de ter conseguido comprar um lingeria linda hj não consigo colocar meu twitter e nem meu twitipic nessa joça.
To bolada.
E por que?
Porque pneumonia dói, gente. cansa, as costas pesam, é um saco.
To mais bolada ainda, e vc ainda pergunta por que?
Porque tenho trinta e dez coisas pra fazer e no momento só consigo pensar em deitar. 
É por isso.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Prestenção!!!

Venho por meio deste(até usei maiúscula) informar que :
1) estou com pneumonia;
2) este blog precisa de uma repaginada
3) ele sofrerá essa repaginada assim q conseguir ficar sentada da frente do computador por mais de 30 min
4) adoro raffaellos, da ferrero rocher, quem quiser me dar, to aceitando, afinal, agradar doente agrada jesus...saibam!
5) assim que sair do repouso vamos botar essa pomba pra girar.
6) beijos
7) aufi. 

quinta-feira, 27 de março de 2014

Tem pão?

Cara, to ligada q tem mais de 2 anos q nem olho esse blog, maaaaas, enfim resolvi resgatá-lo da sobre da morte.
Recomeço timidamente, e também como uma forma de reatar laços com amigos que estão perto ou q estão distantes. Não importa.


Bom gente, começa hoje mais uma incursão as fantásticas aventuras da tanasha beringela de rua (entendedores entenderão). Histórias sobre minhas peripécias, minhas angustria, minhas bebederas, fotos feias, meu gato brigando com o do vizinho, e é claro, mãe loira (todas ama)

facebook é chato, blog é ultrapassado, então misturei os dois aqui e vou falar do que eu quiser: política, religião, futebol (só tabu nacional), cabelo, maquiagem, moda (só futilidade) gatinhos, fofurices, filmes e séries, gente q conheço, gente q não conheço, e gente q não me conhece mas fala de mim gritando pelo ônibus me dando dicas de beleza e higiene. Enfim, sintam se a vontade pra comentar, criticar, brigar comigo (ou seji, sozinhos pq eu n respondo comentário hostil, bjs) essasparada.


Respondendo: tempão mermo. Saudades T.T

segunda-feira, 19 de março de 2012

Mãe loran

Enquanto isso eu na laje, com a mão dentro da caixa d'água..
mãe loran: natasha, ta vendo a água?
eu: não mãe, subi aqui pra ver o cristo ¬¬

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Dialogos da madrugada

mae lora: hj eh quinta?
eu:não
mae lora: entao eh sabado! =D
eu: sexta pra q ne?!

ps:continuo maneta D'=

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A quem interessar


Andei doente e ainda ando, mas to aqui me justificando, devo ficar ausente ainda uns 2 meses, por conta do gesso do meu braço direito, só digito c mao esquerda, o q é um saco. Enfim. Maneta, me despeço. Cambio, deliguedis.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

"She had begun to wonder why she had never seemd to belong to anyone even her father and mother. Other children seemed to belong to their fathers and mothers, but she never seemed to really be anyone's little girl.(...)no one had taken any notice of her. She did not know that this was because she was a disagreeable child; but then, of course, she did not know she was disagreeable. She often thought that other people were, but she did not know that she was so herself."